O que é mindfulness e como praticar?

Você sabe o que é mindfulness e como praticar? Traduzindo para o português, mindfulness quer dizer atenção plena, ou seja, com apenas alguns exercícios o ser humano é capaz de estar atento a tudo que acontece ao seu redor, e com isso participar da vida de forma mais ativa.

Nosso cérebro precisa ser treinado para evitar pensamentos obsessivos e o mindfulness tem justamente esta função.

Para conseguir ter a habilidade humana que permite estar totalmente presente, você deve fazer do mindfulness uma prática diária, para aproveitar ao máximo todos os benefícios que esse modelo de meditação nos traz.

Afinal de contas, o que é o mindfulness?

Trata-se de uma habilidade humana que é adquirida com o passar do tempo, onde o ser humano tem total consciência do momento presente e está ciente de tudo o que ocorre em sua volta.

Essa técnica de atenção plena, ajuda a curar diversas doenças da mente, como transtorno bipolar e ansiedade. Quando reeducamos nosso cérebro para evitar distrações e dispersões, também conseguimos evitar transtornos mentais como estresse e ansiedade.

No ambiente corporativo muito se fala em bem-estar emocional, e o mindfulness é uma prática utilizada nas empresas para ajudar os funcionários nessa parte.

Como praticar mindfulness corretamente?

Para entender como praticar mindfulness no dia a dia e conseguir excelentes benefícios com a prática, observe as dicas que vamos dar agora:

1º esteja atento(a) ao acordar

Antes de ler e-mails, ver notícias ou mensagens nos grupos de amigos, é necessário praticar o pensamento consciente e também estar presente para evitar atitudes e comportamentos não intencionais.

Quando realizamos essa prática logo pela manhã, conquistamos motivações como conexão, propósito, identidade própria e valores essenciais.

2º Cuide da alimentação

A refeição é um momento sagrado, por isso temos que estar totalmente presente nessa hora do dia, desligar televisão e tudo mais que possa nos tirar a atenção. A atenção deve estar focada somente no ato de se alimentar.

Ela deve ser proporcional à sua fome, não exagere na comida, coma somente o que for necessário e com toda atenção possível aos gostos e texturas de cada alimento.

Você vai perceber que o simples ato de comer, que até então você não dava importância, sempre no automático, vai ser extremamente gratificante e prazeroso.

3º Faça um treino com consciência

Exercícios simples, rotineiros e automáticos como andar de bicicleta, ir à academia, vestir roupa ou mesmo escovar os dentes, se transformam em exercícios de atenção plena, portanto, sempre que for fazer qualquer atividade que tem o hábito de fazer durante o dia, procure estar presente.

Por exemplo, ao colocar a roupa para ir trabalhar, sinta cada peça da roupa em sua pele, sinta o cheiro da roupa e até mesmo o barulho que ela faz ao ser vestida. Tente ativar todos os sentidos que você possui, em todas as atividades rotineiras de sua vida.

4º Dirija o carro com atenção plena

Ao dirigir, a atenção plena ajuda a reduzir o estresse que é causado pelo trânsito pesado das grandes cidades.

Para não se irritar com o engarrafamento, procure praticar várias vezes uma respiração lenta, ela vai te trazer paz imediatamente, além disso, comece a observar cada detalhe que está em sua volta: a arquitetura, paisagens, montanhas, pássaros, céu e tudo mais que tiver ao alcance dos seus olhos.

Você vai perceber muitos detalhes lindos e ricos que não dava atenção até então.

5º Planeja-se

Seja para realizar exercícios físicos, para ir ao trabalho, ou mesmo para meditar em casa, faça um cronograma semanal com todas as atividades a serem executadas. Assim você não sobrecarrega seu cérebro e consegue cumprir as atividades de modo mais eficaz.

Conclusão

Agora que já sabemos o que é mindfulness e também sabemos quais os principais benefícios da prática, lembre-se de tornar esta prática um hábito em sua vida, com isso, há a possibilidade de melhorar sintomas de doenças como a depressão, ansiedade e a síndrome do pânico.