Como fazer jejum intermitente e quais os benefícios?

Você quer fazer dieta e não sabe por onde começar? Vou te apresentar o jejum intermitente, uma excelente alternativa para manter seu peso equilibrado e ter uma saúde da dar inveja.

É importante dizer, e acredito que você saiba, que você deve contar com o auxílio de um nutricionista para definir qual o melhor tipo de jejum vai fazer.

O período de jejum é importante para ajudar nosso corpo a consumir toda a gordura que está estocada no organismo. Os nutricionistas recomendam um período entre 10 a 24 horas em jejum, de acordo com as necessidades de cada pessoa, esse período é realizado diariamente ou alguns dias da semana.  

Quais são os tipos de jejum intermitente para a perda de peso?

Os nutricionistas ou nutrólogos são responsáveis por determinar quais são os melhores protocolos para cada pessoa, mas de toda forma a gente já adianta e te fala quais os tipos de jejum intermitente mais usados para emagrecer com saúde.

1º Jejum de 12 horas

O jejum de 12 horas é o mais indicado para quem está começando, onde a pessoa fica 12 horas sem se alimentar, incluindo as 8 horas de sono. Nesse jejum você consegue tomar café da manhã, almoçar e jantar com muita qualidade.

1º Jejum de 16 horas

É o jejum mais usado atualmente e funciona assim: sua última refeição do dia é às 20h (8 horas da noite) e a próxima refeição fica sendo no almoço, por volta de 12h, com isso você fica 16 horas se alimentar, fazendo ingestão somente de líquidos (água ou chá e café sem açúcar).

Como fazer jejum intermitente da forma correta

Existem procedimentos para fazer o jejum adequadamente, por exemplo, as janelas de alimentação são sempre realizadas em um dia ou horas do dia, conforme a escolha da própria pessoa.

Lembrando que durante o período do jejum é permitido ingerir líquidos sem açúcar, como água, café ou chás.

Suplementos como Whey Protein devem ser evitados no período de jejum, e outros alimentos que tenham elevado teor de calorias também. Você deve comer somente quando está sentindo fome. Nessa fase é indicado o consumo de alimentos que proporcionam sensação de saciedade.

Quais são os principais benefícios do jejum intermitente?

Os principais benefícios do jejum intermitente são comprovados pela ciência, através de diversos estudos, como por exemplo um estudo da Universidade da Califórnia. Veja quais são os benefícios comprovados desse hábito: 

1º Auxilia o metabolismo

O jejum com período mais longo, de 16 horas, por exemplo, ajudam a queimar gordura, por isso, traz maior benefício para nosso metabolismo, deixando ele mais acelerado.

2º Mantém os hormônios regulados

Com prática correta do jejum, é possível regular hormônios, como a insulina, noradrenalina e o hormônio do crescimento. 

3º Reduz a flacidez

O jejum intermitente mantém a massa muscular do nosso corpo, diferente do que acontece com algumas outras dietas mais agressivas.

O que devemos incluir no cardápio?

A alimentação é necessária para reposição dos nutrientes e garantir a saciedade, para fazer uma refeição correta para o jejum, você deve incluir proteínas com pouca gordura, legumes, verduras, frutas com casca, cereais integrais e também tubérculos. 

Para não prejudicar a dieta, evite cereais refinados, doces e alimentos industrializados. Esses alimentos, além de provocar doenças, também contribuem para o efeito sanfona, e ainda, causam alergias devido a substâncias utilizadas na fabricação. 

A regra para ter a alimentação ideal durante o jejum intermitente é comer comida de verdade, incluindo tudo que a natureza nos oferece e excluindo tudo que a indústria oferece.

Há alguma contraindicação?

Se você tem alguma doença crônica ou diabetes, anorexia, bulimia, é importante não fazer jejum intermitente. Mulheres grávidas e lactantes infelizmente também estão proibidas de fazer, por que é necessário ter uma dieta completa para o fortalecimento do sistema imunológico. 

De toda forma, pergunte ao seu médico para saber os riscos que as dietas trazem, principalmente quando não são realizadas da maneira correta.

Toda dieta tem vantagens e desvantagens, por isso ressaltamos a importância de conhecer cada uma delas, antes de escolher a mais eficaz para atingir seu objetivo.

Conclusão 

Portanto, o jejum intermitente auxilia sim no processo de emagrecimento e melhora nossa saúde em geral, logo é fundamental seguir as orientações dos especialistas para não prejudicar sua qualidade de vida.